Votorantim Cimentos investirá R$ 280 milhões em Nobres

Publicado por | 08/07/2008 | Sem categoria

Votorantim Cimentos anuncia mais
R$ 1,5 bilhão em investimentos

A Votorantim Cimentos anuncia a segunda onda de investimentos em sua capacidade de produção de cimento, que soma R$ 1,45 bilhão em recursos para a construção de mais quatro fábricas integradas nos estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso e no Distrito Federal. Além destes novos investimentos, está em pleno curso a execução do plano de expansão anunciado pela empresa em agosto de 2007, que contempla mais R$ 1,7 bilhão para a construção de quatro novas fábricas de cimento, cinco novas moagens, além de modernizações, ampliações e reativações de diversas unidades. O total investido atinge R$ 3,2 bilhões.

“Esta nova fase de investimento em capacidade está alinhada com o forte crescimento da economia nacional”, diz em nota o presidente da Votorantim Cimentos, Walter Schalka. Esta nova fase de investimentos vai elevar em 60% a capacidade de produção – dos atuais 25 milhões para 39 milhões de toneladas anuais de cimento – até 2011. A expansão total também refletirá na geração de aproximadamente 5 mil novos empregos diretos e indiretos na cadeia produtiva, além de mais de 10 mil postos de trabalho no período de construção ou modernização das unidades.

Fundada em 1936, a Votorantim Cimentos possui atualmente operações no Brasil, Estados Unidos, Canadá e Bolívia. Uma das dez maiores empresas globais do setor de materiais básicos de construção, é líder no mercado brasileiro com mais de 40% de participação. Possui 34 unidades de produção no Brasil, sete nos Estados Unidos e uma na Bolívia e mais de 100 centrais de concreto no Brasil e 150 na América do Norte. Tem cerca de 12 mil funcionários no Brasil e no Exterior. Em 2007, obteve receita líquida de R$ 5,6 bilhões e geração líquida de caixa (EBITDA) de R$ 1,6 bilhão.

Resumo do plano de expansão – 2007 a 2011

Investimentos: R$ 3,2 bilhões
Aumento de capacidade de propdução: 14,3 milhões de toneladas/ano
Geração de empregos diretos e indiretos: 5.420

Segunda fase

Investimentos: R$ 1,45 bilhão
Aumento da capacidade produtiva: 6,7 milhões de toneladas/ano
Geração de empregos diretos e indiretos: 1.700

Novas linhas de produção (4)

Nobres (MT)
Mercado-alvo: Mato Grosso, Rondônia e Acre
Valor do investimento: R$ 280 milhões
Capacidade de produção: 1 milhão de toneladas/ano
Empregos diretos e indiretos: 500
Início da operação: 2º semestre de 2010

Sobradinho (DF)
Mercado-alvo: Distrito Federal, Goiás, Sul do Tocantins e Mato Grosso do Sul
Valor do investimento: R$ 450 milhões
Capacidade de produção: 2 milhões de toneladas/ano
Empregos diretos e indiretos: 400
Início da operação: 1º semestre de 2011

Salto de Pirapora (SP)
Mercado-alvo: Estado de São Paulo
Valor do investimento: R$ 320 milhões
Capacidade de produção: 1,7 milhão de toneladas/ano
Empregos diretos e indiretos: 350
Início da operação: 1º semestre de 2010

Rio Branco do Sul (PR)
Mercado-alvo: Paraná e Norte de Santa Catarina
Valor do investimento: R$ 400 milhões
Capacidade de produção: 2 milhões de toneladas/ano
Empregos diretos e indiretos: 450
Início da operação: 2º semestre de 2011

Primeira fase (anunciada em agosto de 2007)
Investimentos: R$ 1,7 bilhão
Aumento da capacidade produtiva: 8 milhões de toneladas/ano
Geração de empregos diretos e indiretos: 3.720

611 total de vistas, 1 hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com