ELEICOES EM CUIABÁ: GAZETA DADOS APONTA LIDERANÇA DE WILSON COM 42%

Publicado por | 16/09/2008 | Sem categoria

Wilson lidera e Mauro passa Rabello

O atual prefeito seria reeleito na simulação de votos válidos com cravados 51% das intenções de voto



Margareth Botelho
Diretora de Redação

A 20 dias do pleito de outubro, o candidato Wilson Santos (PSDB) surge como o prefeito reeleito da Capital conforme a 2ª rodada de pesquisa do Instituto Gazeta Dados, realizada nos dias 13 e 14 de setembro (ver quadros nesta página). O tucano sairia vitorioso em 1º turno com 42% das intenções de voto simulado, situação em que ao eleitor é apresentada a lista de candidatos e ele indica um dos nomes.

Em situação de empate técnico, dentro da margem de erro definida em 3,5% a maior ou a menor, Mauro Mendes (PR) aparece em 2º lugar com 19% do eleitorado, invertendo posição com Walter Rabello (PP), que obteve 18% das indicações das mil pessoas entrevistadas. Na 1ª rodada (dias 25 a 27 de agosto), Santos tinha 40% dos votos, Rabello era o 2º colocado com 23% e Mendes o 3º lugar com 13%. Enquanto o pepista caiu 5 pontos percentuais, o republicano subiu os mesmos 5.

No intervalo entre as duas amostragens, o quadro mudou para o candidato do PSB, Valtenir Pereira, que baixou de 4% para 3%. O Procurador Mauro (PSOL) manteve igual 1%. Brancos e nulos, que somavam 4%, reduziram a 3%. Também o índice de indecisos sofreu uma pequena oscilação de 15% para 14%. A 2ª pesquisa foi protocolada e registrada sob os números 10513/2008 e 047/2008, respectivamente, na 1ª Zona Eleitoral da Comarca de Cuiabá.

Para chegar a percentuais bem próximos da realidade do município, o Gazeta Dados, que faz pesquisas exclusivamente para informar os leitores de A Gazeta, aplicou a técnica Survey com questionários padronizados e capazes de gerar resultados representativos dos 368.188 mil eleitores aptos a votar. Os entrevistadores do instituto foram a campo em 190 bairros, divididos em 5 regiões, sendo 23% da região Norte; 28% da Leste; 25% da Oeste e, 24%, da Sul.


Espontâneo – Na simulação espontânea, quando o eleitor diz o nome do candidato de sua preferência sem ter acesso à lista oficial do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MT), o atual prefeito teria também a reeleição assegurada. Em comparação à 1ª rodada, Wilson Santos avançou 5 pontos percentuais, passando de 36% para 41%. Mauro Mendes obteve desempenho semelhante ao da estimulada, subindo 6 pontos, de 12% para 18%. Walter Rabello novamente fica em 3ª colocação, caindo de 19% para 17%, 2 pontos percentuais a menos, mas garantindo ainda uma condição de empate técnico com o 2º lugar. Para Valtenir Pereira, não foi registrada mudança nos números. Ele aparece com os mesmos 3% obtidos na 1ª pesquisa. O Procurador Mauro repete 1%. Brancos e nulos caem de 7% em agosto para 3% em setembro. O total de eleitores indecisos recuou de 22% para 17%.


Margem de erro – Novamente o Gazeta Dados fez a simulação de como ficariam os votos válidos, quando são retirados os percentuais de indecisos, brancos e nulos. Wilson Santos bate cravado 51% das intenções de votos podendo ser considerado prefeito reeleito. Mauro Mendes mantém a 2ª posição, alcança 23% contra 22% atribuídos a Walter Rabello, mas a situação de empate técnico é mantida. Valtenir surge com 3% e o Procurador Mauro 1%. Dentro da possibilidade do candidato subir ou descer 3,5% – percentual de erro – o tucano recua a 47,5% e atinge 53,5%; o republicano vai de 19,5% a 28,5%; o progressista de 18,5% a 25,5%. Na margem inferior, Valtenir chega a zero e atinge 6,5% e o candidato do PSOL varia de zero a 4,5%.


O vencedor – A convicção de que o atual prefeito deve permanecer no comando do Palácio Alencastro representa 56% do universo pesquisado. Na sondagem anterior, o índice era de 50%. Mauro obteve 13% da preferência do eleitorado contra os 8% alcançados em agosto. A certeza da vitória para Rabello cai de 23% para 16%, uma queda de 7 pontos. Valtenir mantém 1%. Já o Procurador Mauro baixa a zero por cento. Para 2% dos entrevistados nenhum dos candidatos vencerá o pleito de 5 de outubro, enquanto 13% ainda estão em dúvida.


Rejeição – O deputado estadual cassado por infidelidade partidária Walter Rabello é o líder em rejeição, com 31%. Em relação à sondagem de agosto, a queda foi de 2 pontos. O candidato do PP também estava na dianteira, mas com 33%. Na 2ª rodada, Mauro Mendes perdeu a posição de menos rejeitado para o deputado federal Valtenir Pereira, que ficou com 4% dos 7% que possuía anteriormente. O empresário Mendes saiu de 5% alcançando 9%. O Procurador Mauro subiu de 8% para 12%. Wilson Santos também surge numa situação melhor sobre a primeira pesquisa, saindo de 19% de rejeição para 16%. Vinte por cento estão indecisos e, 7%, prefiram não citar nenhum dos candidatos.

Fonte: Jornal A Gazeta

341 total de vistas, 1 hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com