Governador de Mato Grosso anuncia concursos com 6 mil vagas

Publicado por | 13/05/2009 | Sem categoria


O governador de Mato Grosso, Blairo Maggi (PR), disse ontem que o Estado abrirá cerca de 6 mil vagas por meio de concursos públicos neste ano. Grande parte, mais de 3 mil, será destinada ao setor de segurança pública.

Durante entrevista ao programa Cadeia Neles, da TV Record Canal 10, uma das empresas do Grupo Gazeta de Comunicação, Blairo afirmou que o concurso público visa suprir a deficiência em algumas áreas e reforçar o setor de segurança, que teve anteontem lançado o inédito programa “Segurança Cidadã”.


Outras 3 mil vagas serão abertas por meio de contratos temporários na Secretaria de Educação do Estado (Seduc) e concurso público para cargos no Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) e Secretaria de Assistência de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs), entre outros.


O governo do Estado conta atualmente com 46 mil servidores públicos ativos, segundo dados da Secretaria de Administração (SAD). Grande parte desse número está concentrada nas áreas de educação, saúde e segurança pública. O último grande concurso público em Mato Grosso ocorreu em 1997, quando a Secretaria de Educação (Seduc) abriu 2 mil vagas.


Sucessor – Durante entrevista ao Cadeia Neles, o governador voltou a afirmar que não irá disputar nenhum cargo eletivo em 2010. Blairo não descartou, no entanto, participar da sucessão nacional, onde é cotado para ser coordenador da campanha da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) na região Centro-Oeste ou até mesmo ser vice na chapa encabeçada pela petista.


Sobre 2010, Blairo disse ainda que a primeira-dama e secretária de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social, Terezinha Maggi, foi contra a decisão de recuar da pré-candidatura ao Senado. “Mas vou estar no palanque e quero eleger meu sucessor”.


O Cadeia Neles contou ontem com a participação do jornalista Antônio Carlos Silva, além do âncora Clóvis Roberto. Maggi foi acompanhado pelo secretário da Casa Civil e Comunicação, Eumar Novacki, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Campos Filho, o secretário de Fazenda, Eder Moraes, e os adjuntos de Comunicação Júlio Valmórbida e Onofre Ribeiro.


796 total de vistas, 1 hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com