Sinop receberá investimento de 30 milhões do Carrefur

Publicado por | 23/01/2008 | Sem categoria

Carrefur investirá R$ 30 milhões em Sinop

O prefeito de Sinop, Nilson Leitão, anunciou nesta quarta-feira (23/01) que a cidade foi escolhida para receber uma unidade do segundo maior grupo do comércio varejista do mundo, o Carrefur. A expectativa é que entre em operação ainda no primeiro semestre deste ano, gerando, em média, 250 empregos diretos, além dos indiretos. Serão investidos de R$25 a R$30 milhões.

A previsão do Grupo é iniciar as atividades até o final do primeiro semestre. Depois de concluído, o prédio terá cerca de 12 mil m², numa propriedade com área total de 100 mil m², localizada ao lado do kartódromo municipal.

A expectativa da Prefeitura é encaminhar o mais rápido possível, para o Legislativo Municipal, o projeto de Lei que concederá incentivos fiscais ao Grupo Carrefour – Atacadão. “Esta é a prova de que Sinop voltou a ser o que era antes. Passamos por um período complicado, mas agora estamos em fase de retomada do crescimento”, afirmou Nilson Leitão.

Também constam, como investimentos previstos para Sinop, o lançamento das Centrais de Abastecimento (CEASA) que em parceira com a Cooperativa Agropecuária Mista de Produtores Rurais de Sinop (Coopernop) irão beneficiar os pequenos produtores e agricultores da Cidade.

O prefeito aproveitou a coletiva para anunciar uma grande reforma no Pronto Atendimento Municipal (PAM). De acordo com ele, além de mudanças na estrutura física, haverá mudanças no atendimento. “O PA existe há sete anos e, portanto, necessita de reparos na sua estrutura. Também já estamos mexendo na estrutura administrativa para melhorar o atendimento”, contou.

Segundo ele, a Administração Pública vai buscar a União e o Estado para que estes cumpram com suas responsabilidades financeiras, repassando o montante necessário para que o PA tenha reais condições de atender não apenas a sua população, que é dever, mas das demais localidades da região norte do Estado e inclusive do sul do Pará.

‘Não podemos mais arcar com este ônus sozinhos. O Pronto Atendimento tem estrutura para Sinop e não para a região. Não recebemos por isto e acabamos arcando com tudo, o que complica ainda mais a qualidade no atendimento. Hoje, de 10 pacientes que chegam no PA, quatro são de outros municípios. Nosso gasto mensal é de R$ 1,5 milhões e o repasse, não ultrapassa os R$ 200 mil, tornando praticamente inviável atender tanta gente”, desabafou o prefeito.

Leitão também aproveitou a oportunidade para falar sobre o lançamento do Pacote de Obras 2008, que deverá contar com mais de R$100 milhões em investimentos. “Convidaremos todas as esferas governamentais envolvidas e faremos um grande evento, após o carnaval”, concluiu.

519 total de vistas, 3 hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com